The Clone Wars terá sétima temporada! #clonewarssaved

The Clone Wars (aquela série que todos amamos e que eu nunca terminei os reviews) está de volta! A série, que teve cinco temporadas completas no Cartoon Network foi cancelada após a venda para a Disney e o time que trabalhava nela foi parar na excelente Rebels. Treze episódios da sexta temporada já estavam prontos e foram lançados em 2014 diretamente no Netflix e, alguns dos episódios incompletos foram chamados do projeto The Clone Wars Legacy e lançados de diferentes formas:

  • 8 episódios dos arcos “Crystal Crisis on Utapau” (que seria da sexta temporada) e “Bad Batch” (seria o primeiro arco da sétima temporada) foram lançados no site oficial com produção incompleta, chamados de story reels, mas com diálogos totalmente finalizados.
  • 4 episódios da sétima temporada focados em Maul viraram a HQ “Son of Dathomir”, última lançada pela Dark Horse e única da Dark Horse no cânone (apesar de lançada no Brasil erroneamente como Legends).
  • 8 episódios focados em Quinlan Vos e Asaaj Ventress viraram o livro Dark Disciple.

 

Agora a Disney e a Lucasfilm acabam de anunciar na San Diego Comic Con com um lindo trailer que The Clone Wars voltará para uma sétima temporada de 12 episódios no serviço de streaming que a Disney lançará em 2019 em data ainda não fixada. Isso é o resultado de uma campanha de fãs chamada #SaveTheCloneWars. A nova hashtag (que está nos trendings mundiais do Twitter) é #CloneWarsSaved. Veja o trailer abaixo com a maravilhosa animação e depois a entrevista com o diretor/produtor Dave Filoni:

As imagens do trailer, principalmente a aparição de Ahsoka, são de episódios que nunca viram a luz do dia nestas adaptações de The Clone Wars Legacy. Então fica a dúvida se entre esses 12 episódios tudo será novo ou se alguns desses episódios serão finalizações das 20 histórias conhecidas lançadas. (UPDATE: De acordo com o io9, os 12 episódios serão sobre o cerco ao planeta Mandalore).

O painel ainda teve várias curiosidades, como:

  • Dave e George às vezes trabalhavam em 3 episódios diferentes por dia.
  • A atriz Ashley Eckstein, voz de Ahsoka Tano em The Clone WarsRebelsForces of Destiny, coleciona os desenhos que Dave fazia durante reuniões.
  • George não aprovou uma criança da raça Kel Dor (a mesma do mestre Plo Koon).
  • Quando Ashley gravou os episódios em que Ahsoka sai da Ordem no final da quinta temporada, ela não sabia quando ou se voltaria.
  • George não gostava de falar sobre Yaddle (a Jedi da raça de Yoda que aparece no conselho no Episódio I e nunca mais reaparece).

O site oficial fez uma entrevista com Dave Filoni, que traduzimos abaixo:

StarWars.com: Você alguma vez pensou que isso seria possível? Que nós chegaríamos aqui?

Dave Filoni: Não. Eu não. eu realmente não pensei.

StarWars.com: O que você pode dizer sobre o entusiasmo dos fãs ao longo dos anos e, na realidade, o papel deles em fazer isso acontecer?

Dave Filoni: Bem, felizmente, o entusiasmo deles é implacável. O amor deles por esses personagens e essas histórias não diminuiu. Eu realmente acho que a voz deles ficou mais alta com o passar dos anos. Tem sido uma experiência de humildade ter o apoio deles e ter pessoas que continuam me marcando com a hashtag #SaveTheCloneWars.

StarWars.com: Para você, pessoalmente, o que significa terminar a série?

Dave Filoni: Pessoalmente, é muito gratificante. Qualquer oportunidade de colocar as peças finais da história no lugar é significativa como um contador de histórias. Estou feliz pela oportunidade de definir essas coisas e o final desta parte da Guerra dos Clones. Também me faz refletir sobre todas as pessoas com as quais trabalhei ao longo dos anos. Isso reforça as coisas que aprendi com George. Isso me lembra dos elementos importantes que levam a Star Wars. Então, é legal em vários níveis, e acho que para a equipe que ainda está aqui que trabalhou em The Clone Wars, eles também sentem isso.

StarWars.com: O que você acha que é, 10 anos depois, que fez esse programa ressoar tanto com as pessoas, e fez com que ele ficasse com elas, e desse essa força para voltar?

Dave Filoni: Eu acho que a variedade de histórias foi uma grande parte disso. Você também não pode subestimar o quanto é importante que tantas pessoas tenham crescido com o programa. The Clone Wars foi uma peça de Star Wars que os fãs mais antigos poderiam, num momento inicial, não levar a sério porque era uma série animada, mas isso não era uma barreira para as crianças. Eles amavam os clones e se identificavam com eles. Ahsoka deu às crianças uma personagem que era como elas – alguém da sua idade que vivenciava os desafios da vida e aprendia ao longo do caminho. Além disso, ter um novo episódio a cada semana realmente nos permitiu explorar o que estava acontecendo com os personagens novos e personagens legacy de forma dinâmica, incluindo Anakin e Obi-Wan. Acho que as histórias deixaram uma impressão indelével e, claro, George sabia que iriam. Ele sempre soube.