Homenagem a uma fã de Star Wars em O Despertar da Força!

Além de trazer mudanças para o cinema, Star Wars também criou fãs apaixonados de todas as idades. Recentemente pudemos acompanhar e apoiar o caso de Daniel Fletwood, fã como a gente, que foi diagnosticado com câncer terminal e que conseguiu assistir ao episódio VII antes de se tornar “Um com a Força”.

Foi revelado oficialmente que a Lucasfilm vai honrar a memória de outra fã de Star Wars que infelizmente faleceu devido ao câncer.

Katie Johnson, filha do fundador da 501st Legion (organização internacional de fãs, dedicada a fabricar e vestir roupas e armaduras de Stormtroopers, Lordes Sith, Clones, Caçadores de Recompensas e vilões de Star Wars) foi diagnosticada com câncer cerebral aos 6 anos de idade. Numa forma de mostrar apoio a brava garotinha, o R2 Builder’s Group (grupo responsável por contruir astromechs controlados por controles remotos e em tamanho real) criou uma unidade R2-D2 para cuidar dela. No entando, no meio do desenvolvimento dessa unidade, o grupo decidiu pintar o droid de rosa e renomea-lo de Katie, ficando assim R2-KT. Katie amou o droid e infelizmente ela não está mais entre nós. O droid ainda continua por aí inspirando jovens fãs de Star Wars que sofrem por conta de doenças sérias.

Katie-Johnson1

O droid rosa foi oficialmente adicionado nos anais históricos de Star Wars quando foi incluido em três episódios de Clone Wars.

R2-KT

 

Albin Johnson, pai de Katie, postou o seguinte:

“É oficial, R2-KT está em O Despertar da Força. Acabamos de receber permissão de compartilhar a notícia.”

São demonstrações de carinho assim que nos deixa mais unidos e  mostra que as pessoas que estão por trás de Star
Wars se importam e muito conosco. Obrigado Lucasfilm pelo que vocês fizeram por Daniel e Katie.

Comentários foram desabilitados.