contato@jedicenter.com.br
08

[RESENHA] Star Wars: Uprising

Template ResenhaStar Wars Uprising (aqui no Brasil conhecido por “A Rebelião”) é um RPG no estilo “dungeon crawler” desenvolvido e publicado pela Kabam, desenvolvedora de jogos mobile conhecida por “Spirit Lords”, “MARVEL Contest of Champions” e “Heroes of Camelot”.

08

Há muito tempo…

Uprising é um jogo story-driven (orientado pela história) portanto há muito diálogo entre seu personagem e os NPCs. O jogo se passa entre “O Retorno de Jedi” e “O Despertar da Força”, mas é escrito de uma forma que até mesmo os jogadores não familiarizados com o universo de Star Wars podem entender. Claro que, no entanto, ele é mais agradável para aqueles que são fãs da Saga, ou pelo menos do gênero sci-fi. Os jogadores começam o jogo como um contrabandista, correndo missões para um homem chamado Happy Dabb para pagar sua dívida. Muitos dos diálogos ocorrem em uma base principal ou cidade, bem como antes e depois de cada missão. O personagem principal tem uma irmã que atua como um guia ou tutor que auxilia o jogador através de um intercomunicador durante os estágios. A história é bem escrita acrescentando muito plano de fundo e propósito para cada missão, e é uma das características que irão manter os jogadores envolvidos.

07

Visuais

Os gráficos de Star Wars Uprising estão muito bem feitos. Apresenta um tom cartunesco, mas ainda assim de alguma forma realista. Ao começar você pode escolher uma das quatro espécies, que não tem efeito sobre a jogabilidade ou história, que incluem Zabrak, Miralan, Twi’lek, e Humano. Os jogadores também podem escolher o gênero do personagem alé de um punhado de opções para o rosto, cabelo, cor do cabelo, cor da pele. Os ambientes do jogo são muito bons, os mapas são totalmente em 3D e muitas áreas têm uma parte superior e inferior, que oferece vistas panorâmicas e acrescenta muito mais detalhes para cada setor. Os modelos de personagens e inimigos são bem desenhados e lembram os personagens da série animada The Clone Wars.

08

Combate

Os jogadores podem se mover ao tocar no local e pode mirar e atacar inimigos tocando neles. Uma vez que um inimigo é alvo, sofrerá ataques automaticamente. Há também controles de gestos para habilidades que fazem grande uso da tela sensível ao toque. Para algumas habilidades, os jogadores têm de arrastar o seu personagem em uma certa direção, que desencadeia uma habilidade na direção oposta. O jogo não tem um sistema de classe justamente para que os jogadores possam equipar qualquer arma de sua preferência e desbloquear habilidades com base em seu estilo preferido. O jogo tem tanto combate à distância quanto com armas melee, mas geralmente os jogadores vão estar usando pistolas de longo alcance como armas. O combate é acelerado e o uso de habilidades e esquiva de forma eficiente desempenha um grande papel mais tarde. A jogabilidade é semelhante ao da série Diablo e há também co-op  para quatro jogadores no modo Assault/Sector. O co-op desempenha um papel muito pequeno no jogo e é relativamente inconveniente encontrar pessoas para jogar (tendo que encontrar jogadores através do chat). Ter um grupo de amigos que joga ajuda bastante.

03

Estrutura

Uprising tem um mundo dividido em muitos planetas e fases. Jogadores gradualmente descobrem novas bases e planetas no decorrer do jogo. Ele não possui mapas onde os jogadores podem ver uns aos outros, mas possui um sestema de chat global de fácil comunicação. Os jogadores podem começar as missões falando com NPCs em sua base e, em seguida, teletransportar para essa missão através de seu mapa. Há 4 tipos de dificuldade para escolher (dependendo da fase) e as mais difíceis produz melhores recompensas. Em cada fase, os jogadores vão geralmente percorrendo ao longo de um mapa combatendo ondas de inimigos, encontrando tesouro, e completando objetivos (o que geralmente envolve chegar ao final do mapa). Cada estágio é bastante linear em design e há estações de cura e portas para desbloquear ao longo das etapas. As fases são simples de navegar e o jogo não tem tanto aspectos sociais, tornando-se predominantemente single player.

01

MUITOS equipamentos e membros de equipe

O jogo apresenta uma infinidade de equipamentos e membros da tripulação para escolher. Vários equipamentos incluem capacetes, luvas, armas/espadas, armadura superiorinferior e mochilas. Há centenas de peças para descobrir e cada peça de equipamento tem diferentes estatísticas em ataque, defesa e utilidade, bem como uma estrela de classificação entre 1 e 5. O equipamento pode ser atualizado com certos materiais obtidos completando fases e recolhendo peças bem como evoluído (aumentando seu ranking de estrelas) com itens especiais depois que o equipamento atingiu o nível máximo. Upgrade do equipamento aumenta suas estatísticas em ataque, defesa, e utilidade.

05

Os membros da equipe também podem ser atualizados. Eles são como personagens-secundários que os jogadores podem enviar em várias missões para obter itens, experiência, e muito mais. Eles não têm nenhum papel em combate ou história e só podem ser enviados nessas missões. Cada missão dura cerca de 30 minutos (algumas, mais de uma hora) e os jogadores não tem participação a não ser esperar até que o membro da equipe retorne com o saque. Completar missões umenta o nível da equipe e as taxas de sucesso destas missões dependem do nível e do ranking. uma grande variedade de membros da equipe para escolher e podem ser obtidos completando fases da história, ou convocado a partir da loja.

04

A parte negativa

Uprising de nenhuma maneira é um jogo ruim. No entanto, ele tem muitas falhas apesar de sua história bem escrita e visual impressionante. Em primeiro lugar, o jogo se torna muito repetitivo. Cada missão é essencialmente a mesma e envolve atravessar as fases matando inimigos e alcançando o objetivo da missão (no final do mapa). Cada mapa tende a ter layouts e designs semelhantes, apesar das aparências diferentes, e o combate não possui uma ação empolgante para torná-lo interessante. Pra quem já jogou Diablo, é como se tivesse um ritmo mais lento. A gameplay em geral dá a sensação de ser maçante, e apesar do (limitado) recurso de co-op online, os jogadores quase nunca vão interagir com outros que não seja através do chat global. 

06

Pague para vencer?

De nenhuma maneira o jogo encaixa na categoria “pay to win” em que transações te dão direito a itens e evoluções melhores. As micro-transações dentro do jogo são bem mais opcionais do que vários outros jogos mobile. Todo equipamento pode ser obtido e melhorado sem gastar nada. É claro, isso requer muita dedicação da parte do jogador gastando tempo fazendo os famosos “grinding” e “farming” (realizar muitas tarefas repetidas vezes para alcançar um nível específico e/ou obter itens). Mas isso é muito comum nessa categoria de jogos.

02

Resumindo…

Star Wars: Uprising é um jogo de RPG muito bem feito visualmente com uma história interessante que deve atrair mais os fãs da Saga. O jogo, infelizmente, sofre de jogabilidade repetitiva e falta de recursos on-line, mas vale a conferida se você está curioso sobre o novo Universo Expandido e o trilhar do caminho até “O Despertar da Força”

Marcelo Skywalker

Escória Rebelde do interior de São Paulo. Pode ser encontrado mais on-line do que na vida real pelo Twitter ou pelo Facebook