contato@jedicenter.com.br

Contando as Guerras Clônicas #0


“You fought in the Clone Wars?”

 “Yes. I was once a Jedi Knight, the same as your father.”

As Guerras  Clônicas surgiram logo no começo de Star Wars, lá em 1977, através de Obi-Wan no diálogo acima com Luke Skywalker. Poucos minutos depois o holograma de Leia também citaria as guerras. Por 25 anos a maioria dos fãs e dos autores do Universo Expandido (livros, HQs e jogos) tinha como principal teoria os clones do título como inimigos em uma guerra com a República e a Ordem Jedi. Essa crença se alterou apenas em 2002 com Attack of the Clones mostrando que os clones eram o exército da República, que evoluiriam nos temidos Stormtroopers.

A partir daí os autores do UE (o já citado Universo Expandido) passaram a utilizar as novas informações e uma linha do tempo coerente foi  feita tomando todos os 36 meses entre Attack of the Clones e Revenge of the Sith. Porém, desde o início da série The Clone Wars em CGI com o seu filme e suas até agora cinco temporadas em 2007, a linha do tempo de antes 36 meses foi praticamente inteira condensada nos primeiros meses dando espaço para a nova série e seus derivados.

A mudança mais simbólica disso tudo foi a cerimônia que concedeu o nível de Cavaleiro Jedi a Anakin Skywalker: anteriormente ela acontecia cerca de seis meses antes de Revenge of the Sith, depois de quase 30 meses de Guerra; agora ela ocorre logo nos primeiros meses da Guerra, abrindo espaço para a aparição da Padawan mais amada e odiada de Star Wars – Ahsoka Tano.

Não contentes com a bagunça até hoje não resolvida da linha do tempo, George Lucas e Dave Filoni, diretor supervisor  responsável pelo dia-a-dia da série, resolveram passar episódios fora de ordem cronológica. Isso levou a episódios nas segunda e terceira temporadas que eram prequels de episódios da primeira, por exemplo.

Agora que a série passará a marca dos 100 episódios, ela começará a passar em syndication nos EUA e para isso passará em sua ordem cronológica correta e não em ordem de temporadas. E aí entre Leland Chee. Quem é Leland Chee? É o Guardião do Holocron. Sim, esse é o nome do cargo dele dentro das empresas de George Lucas. Sua função é fazer com que a linha do tempo de Star Wars fique o mais coesa possível e o time de The Clone Wars gosta de dar trabalho pra ele.

Leland Chee resolveu começar uma série de artigos chamados Chronicling the Clone Wars, que vocês podem acompanhar aqui. Eles não levam ainda em consideração livros, HQs e jogos, mas apenas os filmes e a série de TV atual (a série de Genndy Tartakovsky, aquela com episódios de 3 a 12 minutos também não entra aqui). Começa aqui a resolução dos problemas de muito fã: querer ver tudo na ordem certa. São quatro episódios descritos em cada artigo, o que deve concluir 28 artigos até o fim da quinta temporada.

Diferentemente de simplesmente traduzir os artigos de Leland, usarei-os como base para a minha série de artigos, adicionando informações e curiosidades tanto do site oficial como da Wookieepedia. Irei também assistir na ordem e colocar minha opinião pessoal e nota dos episódios. A partir do primeiro artigo, os momentos de tradução estarão em letra comum e os meus comentários em itálico. Até.

Mestre Yoda

Mestre Yoda na verdade se chama Jair e é um engenheiro nerd que se pudesse ganharia dinheiro com Star Wars. Como não pode, fica enfiado nos detalhes do Universo Expandido e das obras para telinha da saga o máximo que pode. Só vê uma possibilidade de Star Wars ser melhor do que é: The Beatles como trilha sonora!