contato@jedicenter.com.br
Rebelss02e2021v3

Iniciando uma Rebelião #27 – s02e20 – Finale – The Twilight of the Apprentice

Ezra, Kanan e Ahsoka chegam em Malachor, um planeta aparentemente morto, onde há um velho templo Sith, mas eles não estão sozinhos. Três inquisidores, Darth Maul, Darth Vader e o duelo mais esperado desde Anakin versus Obi-Wan em 2005! Tudo isso acompanha o crepúsculo da aprendiz neste final de temporada de Star Wars Rebels.

Lembrando sempre que este review assume que você já viu o episódio ou que não se importa de ler spoilers.

Clique aqui para os episódios anteriores.

Nota  do M’Y: 9.0 (0 até 10)

Trilha Sonora: It’s over now (Link)

Curiosidades:

  1. A conversa entre Ahsoka e Rex no início do episódio é um espelho da conversa entre os dois quando eles se conhecem, no famigerado filme de The Clone Wars.
  2. O roteiro deste episódio definiu a nomeação dos Inquisidores. O novo inquisidor se chama Oitavo Irmão e só então os nomes Quinto Irmão e Sétima Irmã foram colocados nos outros dois personagens. Eles eram referidos apenas como Inquisidor Macho e Inquisidor Fêmea.
  3. Junto com os padrões inscritos na base do templo Sith em Malachor há também a escrita antiga, criada por Ralph McQuarrie e que também aparece no templo Jedi em Lothal.
  4. Durante o desenvolvimento deste episódio, Dave Filoni utilizou muitas descrições mitológicas de submundo, com vários níveis bem delineados.
  5. Os corpos petrificados foram inspirados pela tragédia de Pompéia.
  6. O sabre tipo “claymore” (espada medieval escocesa) é uma referência ao design utilizado por Kylo Ren em The Force Awakens. O dicionário visual do filme explica que Kylo Ren se baseou em designs antigos utilizados na época do Grande Flagelo de Malachor. Aliás, de acordo com entrevista recente de Dave Filoni, o sabre verde era de um Jedi, não de um Sith.
  7. O Oitavo Irmão é um Saltador Terrelian Jango, espécie vista em The Clone Wars, no episódio Lightsaber Lost, da segunda temporada.
  8. Por motivos de animação, foi incluída a sobrancelha de Anakin quando aparece seu olho. Se haverá uma explicação para a perda entre este episódio e ROTJ, não sabemos.
  9. Nas primeiras versões do roteiro, Maul e Vader também se enfrentariam, mas conforme o roteiro evoluiu, Maul se livrou dessa.
  10. Também na ideia original, o templo terminaria sua sequência de tiro. Na versão final, a retirada do holocron acaba com a sequência.
  11. No episódio não finalizado Crystal crisis on Utapau da sexta temporada de The Clone Wars (possível de ser visto no site oficial), Yoda menciona super-armas Sith cujo poder vem dos cristais kyber. A máquina no templo Sith é um raro exemplo ainda funcional.
  12. Em uma fala cortada do roteiro original, Maul dizia sobre o planeta: “Palpatine me trouxe aqui quando eu era uma criança. Meu Mestre havia estudado muito as artes negras, ele procurava relíquias e lugares como este.”

reb_ca_1500_a568f475

Eu só queria entender o motivo de as coisas do lado negro serem quase sempre bem mais atrativas visualmente!

O Episódio: Aí a coisa começa já complicada. Rex tentando convencer Ahsoka a esperar duas rotações de Malachor para ele chegar. Confesso que não lembrei daquela curiosidade 1, pois The Clone Wars é, para mim, o pior filme de Star Wars (isso contando os sete episódios, o Holiday Special e a duologia dos Ewoks e no meu pseudo-cânone pessoal ainda tem Guardiões da Galáxia). Assisti ele uma vez no cinema e uma outra vez em casa para esse artigo e nunca mais tirei o BluRay da estante.

Uma outra nave está no planeta, mas pela primeira vez em muito tempo, são os rebeldes que caçam ela e não o contrário. Chegam então a uma enorme cratera que parece congelada, mas com uma cor metalizada, com estranhas formações rochosas. A escrita presente nestas formações está no que Ahsoka chama de língua negra de Mordor antiga, a qual nenhum dos três consegue realmente ler. Aí Ezra tem o momento Snips dele: o toque na pedra faz com que o chão se rompa e eles caem no que fica claro como um templo Sith. Aparentemente há também toda uma cidade em volta e a cobertura da cratera, que serve como “céu”do templo, tem vários buracos que no trailer foram confundidos com estrelas.

Screen Shot 2016-04-02 at 11.11.16 AM (2)

Kanan não sabe, mas está olhando para um futuro muito próximo!

Andando pela cidade, eles procuram a nave e encontram sabres-de-luz em formato de T, exatamente o mesmo formato do sabre de Kylo Ren em The Force Awakens. Sabemos que Kylo é supostamente um estudioso do passado dos Jedi e dos Sith, então faz bastante sentido. Os corpos petrificados não são facilmente identificáveis se Jedi ou Sith, com exceção do Jedi Temple Guard que Kanan olha. Talvez num passado muito longínquo, os guardas do templo Jedi usassem sabre verde em forma de claymore, antes de mudarem para o amarelo duplo – observe que todos os sabres jogados no chão são desse modelo.

Screen Shot 2016-04-02 at 11.19.24 AM (2)

Três sabres claymore exatamente iguais no chão e corpos se protegendo de algo vindo do templo.

Assistindo pela segunda vez, fica claro o que aconteceu neste campo de batalha ancestral: os Jedi (aparentemente todos com o uniforme de guarda do templo Jedi e usando sabre claymore, ) atacavam o templo e, provavelmente estavam vencendo, quando a arma no topo foi ativada. Essa arma deve gerar uma onda de energia que causou a petrificação, por isso quase todas as posições parecem se proteger de algo vindo do templo.

Screen Shot 2016-04-02 at 11.26.02 AM (2)

Não é por nada não, mas os Jedi antigos faziam esse sabre melhor do que o Kylo Ren…

Logo são encontrados pelo Oitavo Irmão, que acaba destruindo o chão abaixo de Ezra, que cai mais um nível estilo Super Mario Bros. E aí aparece o que me incomodou o episódio todo: o sabrecóptero. Inquisidores usando sabre-de-luz para voar. E a cada maldita vez que eu conseguia esquecer essa visão, aparecia alguém voando com sabre-de-luz.

dragonfly-lightsaber-flying-toys-christmas

O meio de transporte oficial dos inquisidores.

E, de repente, Maul. Maul é uma daquelas falhas gigantescas de The Clone Wars. A maioria delas acabou sendo resolvida com jogar o velho UE para Legends – uma decisão acertada. Porém, a maior delas não foi resolvida. O retorno de Maul após ser cortado ao meio e cair por algo que parece mais alto que o maior dos prédios de Dubai, com a péssima explicação de que o ódio dele manteve ele vivo, jogou o universo Star Wars muito mais próximo dos universos da Marvel e da DC, onde ninguém permanece morto. E cria implicações sobre pessoas que achamos que vimos morrer. Exemplo: Se Maul sobreviveu àquela queda após ser cortado ao meio, o Imperador não poderia ter sobrevivido também? Sim, nós sabemos que a Estrela da Morte II foi destruída, mas aí quem cumpriu a profecia foi Lando e Wedge!!!

O cancelamento “precoce” de The Clone Wars deixou essa ponta aberta (embora eu ache que devia ter acabado na quinta temporada e não na sexta) e a aparição de Maul aqui acabou sendo muito bem vinda. Isso não apaga o erro que é ele estar vivo quase 30 anos depois de morrer, mas já que a cagada está feita, vamos fazer o melhor dela. E o melhor dela é uma versão sombria do diálogo entre Yoda e Luke em Império. Até o andar limitado e a bengala estão presentes – embora a de Maul seja uma bengala conectada a seu sabre. Só que agora temos o Velho Mestre e “Jabba” – e devo confessar que essa cena me fez rir bastante.

A percepção de que o Inquisidor não os esperava e estava fugindo deles fez Ahsoka e Kanan notarem que há algo mais ali – justamente alguém que Ezra demora pra perceber que é um Sith e acaba se identificando com as perdas. Enquanto Chopper ajuda na captura do inquisidor, Ezra e Maul chegam a uma das entradas do templo Sith. É muito inteligente a sacada dos roteiristas de criarem uma entrada que necessita de dois usuários da Força juntos utilizando o lado negro. A cena e todo o o cenário são maravilhosos. Fiquei imaginando todos os anos que Maul passou ali perdido esperando alguém que o ajudasse a entrar.

221-ep-gallery-20_f15cda4f

Maul, Ezra, o sabrengala e o holocron Sith.

Quando o templo é ativado pro Ezra ao pegar o holocron, Kanan e Ahsoka se destraem por tempo suficiente para que o inquisidor contacte seus companheiros. Há um momento deligação entre Ezra e Maul quando o Sith salva o jovem Jedi da queda, quando poderia ter pego somente o holocron – mas o mais importante para ele no momento é conseguir um aprendiz.

Mais sabrecópteros e temos uma batalha entre 2 Jedi, uma ex-Jedi, um ex-Sith e 3 Inquisidores, com uma miríade de sabres duplos. A batalha de dura pouco e temos o time mais estranho já visto. Subida de elevadores e a fala mais preocupante de Ezra: “Maul vê o que eu poderia ser, você não”. Espelha muito do Anakin que vemos em O Ataque dos Clones.

Mais batalhas e sabrecópteros no primeiro andar do templo e Ezra vai com Maul, ensinando Ezra sobre o lado sombrio par ao menino, enquanto um duvidoso Kanan vai com uma confiante Ahsoka. Do segundo para o terceiro andar a subida é através de escada. Maul mata a Sétima Irmã a sangue frio quando o jovem Jedi não consegue. A cena é bem forte, ainda que não explícita e de uma coragem enorme da parte do time de criação da série, ainda mais hoje que ela é uma empresa da Disney.

Como o jovem pouco treinado que é, Ezra se deixa levar por Maul e parte para o topo do templo enquanto o zabrak supostamente vai ajudar os outros Jedi. O que de fato acaba acontecendo é o assassinato a sangue frio do Quinto Irmão e a suposta morte do Oitavo em queda livre. E aí outro momento de enorme coragem do time e muito mais significativo: Maul, finalmente revelando que quer Ezra como seu aprendiz, deixa Kanan cego.

Screen Shot 2016-04-02 at 1.13.46 PM (2)

O antigo universo expandido Legends tinha vários Jedi, Sith e Jedi negros cegos: Rahm Kota (The Force Unleashed), Kreia/Darth Traya (Knights of the Old Republic II) e até uma espécie inteira de humanóides que eram todos sensitivos e viam através de Força, os miraluka.

Ahsoka o salva, sobre uma versão nova do tema de Duel of the Fates, uma das melhores faixas da trilha sonora de toda a saga. É uma pena que o site oficial tenha escolhido liberar outra faixa. O Jedi pega uma máscara de guarda do templo caída e cobre os olhos e acaba jogando Maul da mesma altura do Oitavo Irmão – mas Maul é imortal em quedas.

O templo revela que é uma arma para acabar com a vida e só aí que Ezra percebe que foi enganado – tarde demais para os olhos de Kanan. E aí o jovem aprendiz dá de cara com ninguém menos que Darth Vader. Não dá nem para chamar de luta o que Ezra tem com Vader. E se você enfrenta Vader, mesmo que Ahsoka salve a sua vida, você perderá algo: é o fim do sabre-de-luz de Ezra. Nota: de acordo com Dave Filoni, o modelo que Ezra usará na terceira temporada não terá um blaster acoplado, simbolizando que Ezra evoluiu como lutador e não precisa mais do blaster para se proteger e evitar contato direto.

221-ep-gallery-42_d728bf75

O duelo mais esperado desde Obi-Wan versus Anakin em 2005.

Vader espelha a fala de Obi-Wan na TC: “Anakin Skywalker era fraco. Eu destruí ele.” Isso faz com que Ahsoka deixe de acreditar na visão que teve anteriormente e resolva vingar a morte de seu mestre. O Sith é claramente muito mais forte que a não-Jedi, mas ela o segura tempo suficiente para que Ezra e Kanan consigam retirar juntos o holocron, danificando a máscara e liberando o olho amarelado e a voz de Anakin. A cara de Ahsoka é de doer o coração para qualquer um que acompanhou sua história desde o início.

“Eu não vou deixar você, não dessa vez!”

“Então você vai morrer!”

“Noooo, nooooo!”

Não vemos o final da batalha. Apenas Kanan e Ezra partindo e voltando para a base rebelde. O abraço de Kanan e Hera e a troca de olhares de Ezra e Rex são fortes e, juntamente com a trilha, dizem muito mais do que qualquer palavra. A última cena é Ezra abrindo o holocron Sith, algo que nenhum Jedi deveria ser capaz de fazer. E seu olho ganhando tons avermelhados.

Eu durante grande parte do episódio.

Opinião do Jair Yoda: Wow (e não me refiro a World of Warcraft)! Just… WOW! Eu raramente começo a escrever a opinião depois de rever o episódio e escrever todo o restante do testo. Dessa vez é a primeira coisa. Aí a reação é assim: FO… DEU! Kanan cego! WOW! Ezra no lado negro com um Holocron Sith! WOW! Maul à solta! Semi-WOW! Ahsoka enfiada no templo Sith! WOW! E aquela trilha sonora da luta da Ahsoka com Vader? WOW! Eu gostaria de agradecer ao Dave Filoni e ao Simon Winberg por me fazerem ligar cada vez menos para Rogue One. F***-se roubar planos da Estrela da Morte. Eu quero saber o que acontece com Kanan, Ezra e cia. na terceira temporada! Ah, e com a Rey, Poe, Finn e Luke também! Agora dá licença que vou ver de novo e escrever o texto que você já leu! WOW!

tumblr_o4uolysIPf1rhwjjxo1_500

Isso aqui custou pelo menos 0.3 da nota.

Aí você viu a nota lá em cima e disse “pô, não é 10!?”. Vou te dizer os motivos de eu ter retirado 1.0 do que seria um episódio 10:

  • O sabrecóptero. Não. Simplesmente não. Cada vez que aquilo aparecia, eu perdia por uns 30 segundos a imersão naquele universo.
  • Primeira cena no final: ao invés de seguir o roteiro original, tenho certeza que alguém falou “guarde Maul versus Vader para outro episódio”! E seguimos sem corrigir o maior erro do cânone.
  • Segunda cena no final: Ahsoka voltando para dentro do templo Sith. Dave Filoni jura que ficaremos MUITO tempo sem saber o que acontece com ela depois desse episódio – imagino até que nem nessa série. A cena de Vader saindo sozinho do templo deixaria bem claro o vencedor da batalha e sabemos que Vader não deveria deixar deixa sobreviventes. Mas não, tinham que deixar claro que ela está viva…

REBELS RECON #2.20

Reviews e notas da 2ª Temporada

s02e19 – The Mystery of Chopper Base: 7.0

so2e18 – The Forgotten Droid: 9.0

s02e17 – Shroud of Darkness: 10.0

s02e16 – The Honorable Ones: 8.0

s02e15 – Homecoming: 8.5

s02e14 – The Call: 8.0

s02e13 – Legends of the Lasat: 8.0

s02e12 – The Protector of Concord Dawn: 7.0

s02e11 – A Princess on Lothal: 7.0

s02e10 – Legacy: 7.0

s02e09 – The Future of the Force: 9.0

s02e08 – Stealth Strike: 7.5

s02e07 – Blood Sisters: 7.5

s02e06 – Wings of the Master: 8.0

s02e05 – Brothers of the Broken Horn: 5.5

s02e04 – Always Two There Are: 9.0

s02e03 – Relics of the Old Republic: 8.5

s02e02 – The Lost Commanders: 6.0

s02e01 – The Siege of Lothal: 9.0

Reviews e notas da 1ª Temporada

s01e07 – Gathering Forces: 7.0

s01e06 – Empire Day: 8.0

s01e05 – Out of Darkness: 7.5

s01e04 – Breaking Ranks: 6.5

s01e03 – Rise of the Old Masters: 8.0

s01e02 – Fighter Flight: 7.0

s01e01 – Droids in Distress: 7.5

s01m01 – Spark of Rebellion: 7.5

Mestre Yoda

Mestre Yoda na verdade se chama Jair e é um engenheiro nerd que se pudesse ganharia dinheiro com Star Wars. Como não pode, fica enfiado nos detalhes do Universo Expandido e das obras para telinha da saga o máximo que pode. Só vê uma possibilidade de Star Wars ser melhor do que é: The Beatles como trilha sonora!

This Post Has One Comment

  1. Disney

    This design is wicked! You definitely know how to keep a reader amused. Between your wit and your videos, I was almost moved to start my own blog (well, al8!ot&#m230;HaHas) Great job. I really loved what you had to say, and more than that, how you presented it. Too cool!

Comments are closed.