contato@jedicenter.com.br
Template Cover Site

Editora Aleph traz nova leva de livros de Star Wars para 2016

Em três artigos publicados no Medium (que você confere aqui, aqui e aqui), a Editora Aleph anunciou suas publicações para este ano de 2016. Star Wars está na lista mais uma vez com várias histórias tanto do novo canon quanto Legends. Confira um resumo do que você vai ler sobre a Saga este ano e não deixe de conferir nos textos os outros lançamentos de ficção científica e de várias outras franquias:

“Herdeiro do Jedi” – Kevin Hearne

1 E9jovkruTaFeybsmPnOZGQ

Herdeiro do Jedi leva ao leitor uma aventura de Luke Skywalker entre os episódios IV e V da franquia. Naquele momento, Luke é considerado um herói e membro valioso da Aliança Rebelde, depois de ter sido responsável pela explosão da primeira Estrela da Morte durante a Batalha de Yavin. Entretanto, Luke apresenta muitos problemas com a sua autoconfiança, principalmente em sua relação com a Força depois da morte de seu Mestre, Obi-wan Kenobi.

Nesse romance, a Aliança Rebelde recebe a informação de que o Império mantém cativa uma das melhores criptógrafas do universo — que estaria disposta a trabalhar para os rebeldes caso fosse libertada e reunida à sua família. O General Ackbar e a Princesa Leia não hesitam em enviar Luke para essa missão, mas a necessidade de recursos para financiá-la levam o Jedi a trabalhar em conjunto com a jovem Nakari Kelen.

A característica mais interessante do livro é a narrativa em primeira pessoa. Pela primeira vez, o leitor vai poder acompanhar Luke pela perspectiva do próprio personagem. Suas inseguranças, seus desejos, suas limitações, a sua dificuldade em lidar com a Força, e outros sentimentos, são um prato cheio para os fãs leitores de STAR WARS.

A representatividade feminina é outro ponto forte do livro, no qual a maioria das personagens são mulheres. Elas são personagens complexas, que possuem personalidades marcantes e estão representadas em diferentes posições importantes para a trama, desde as co-protagonistas Nakari e Drusil, passando pela criptógrafa, até espiãs rebeldes e vendedoras de armas.

“Lordes dos Sith” – Paul S. Kemp

1 IpnvGmOYw1ve89ajo98xnw

O cavaleiro Jedi escolhido para trazer o equilíbrio à Força foi seduzido pelo lado sombrio graças ao imperador Palpatine. Anakin Skywalker se foi e, em seu lugar, Darth Vader surgiu. No entanto, a sua conversão em Lorde Sith ainda é muito recente e dado o histórico de traições entre as suas fileiras, Palpatine ainda não confia tanto em seu novo pupilo.

No planeta Ryloth, fonte de trabalho escravo e de uma droga conhecida como “especiaria”, surge um forte movimento de rebelião contra o Império. Liderados pelo idealista Cham Syndulla, pai de Hera (de Star Wars: Rebels), e pelo ex-escravo Isval, os rebeldes conseguem atrair a atenção do próprio imperador. Determinado a controlar os recursos do planeta e esmagar a rebelião, Palpatine, acompanhado por Vader, decide agir.

Syndulla e Isval, entretanto, veem uma oportunidade para atacar o centro do poder do Império e armam uma emboscada, derrubando a nave do imperador na superfície de Ryloth. Agora, sozinhos, cercados de inimigos, contando apenas com seus sabres de luz e o lado sombrio da Força, Palpatine e Darth Vader terão que confiar um no outro para sobreviver.

“Discípulo Sombrio” – Christie Golden

1 91w_MepXOpevFzukhsvyuw

Ambientado no auge das Guerras Clônicas, Discípulo Sombrio foi baseado nos roteiros de oito episódios não-produzidos da série de TV Clone Wars.

Quando o líder dos separatistas, o Lorde Sith Conde Dookan, ordena a destruição de uma frota de refugiados, o Conselho Jedi decide tomar ações drásticas para dar um fim ao confronto: assassinar Dookan. Obi-wan sugere que o impetuoso Jedi Quinlan Vos seja o escolhido para tal missão. O Conselho Jedi, porém, acredita que ele precisará de ajuda e contrata a assassina, caçadora de recompensas, e ex-aprendiz de Dookan, Asajj Ventress.

Juntos, Quinlan e Assajj, são a maior esperança de acabar com a guerra. Para isso eles terão que impedir que os sentimentos que começam a surgir em relação ao outro não atrapalhem o futuro da missão.

“Aftermath: Life Debt” – Chuck Wendig

1 DwaI-ucmC6yvAKFNjj1YgA

Life Debt é a aguardada continuação de Marcas da Guerra, publicado ano passado no Brasil pela Aleph. O enredo e a sinopse do segundo livro da trilogia que mostra eventos que acontecem entre O Retorno de Jedi e O Despertar da Força estão sendo guardados a sete chaves, mas a linda capa já foi revelada.

O livro deve ser publicado no mercado internacional em julho e deve chegar ao Brasil no final do ano.

“Darth Plagueis” – James Luceno

1 hwpbES8aqO-yjNcmCwS1IQ

Darth Plagueis é um dos títulos mais queridos pelos fãs do antigo Universo Expandido de STAR WARS, e o seu lançamento é um dos mais aguardados por aqui. No romance, o leitor pode acompanhar Plagueis desde os seus tempos de aprendiz de Darth Tenebrous até a Batalha de Naboo. O Lorde Sith se tornou tão poderoso que era capaz de manipular a vida e a morte. Nesse período vemos as suas maquinações políticas, os seus experimentos com a Força, e o treinamento de seu acólito, o jovem Palpatine.

Também funciona como uma espécie de prelúdio do ponto de vista do lado sombrio da Força para o primeiro filme da trilogia prequel, A Ameaça Fantasma. A reestruturação do cânone, no entanto, fez com que Darth Plagueis fosse integrado a selo Legends, histórias que podem ou não ter acontecido. Todavia, assim como acontece com outros títulos Legends, a história é cheia de informações sobre o background de STAR WARS que agradará bastante os leitores.

Canalhas – Timothy Zahn

1 Wf7Y9aRkH1mV7b_Zn2ysYg

Por ter desempenhado um papel vital na destruição da primeira Estrela da Morte durante a Batalha de Yavin, Han Solo é agora considerado um herói. O heroísmo, porém, não se converteu em lucro, e os credores do contrabandista, principalmente o impiedoso Jabba the Hutt colocaram sua cabeça à prêmio.

Quando um estranho misterioso oferece uma fortuna em troca de suas habilidades, ele não tem outra saída a não ser aceitar. Tudo que Han tem que fazer é invadir a fortaleza de um sindicato do crime e arrombar o cofre mais inexpugnável da galáxia. Para isso ele reúne uma verdadeira equipe de trapaceiros, entre eles o seu inseparável parceiro Chewbacca e o esperto Lando Calrissian.

Canalhas é integrante do selo Legends.

“Paradise Snare (#1 Trilogia Han Solo)” – A.C. Crispin

1 1uHA9jH_ja0hywJ_jeKCmg

Paradise Snare é o primeiro livro de uma trilogia que narra os acontecimentos da vida do jovem Han Solo desde a sua infância até o momento em que ele e Chewbacca são abordados por Luke e Obi-wan na Cantina de Mos Eisley.

No primeiro volume, o habilidoso piloto Han Solo, naquele momento com apenas 19 anos de idade, foge de sua vida de delitos sob o comando do chefe criminoso Garris Shrike. Ele parte em direção ao planeta Ylesia, lar de um colônia de fanáticos religiosos que serve de fachada para o comércio ilegal de escravos. A trama ganha força quando Han Solo dá uma de Han Solo e ajuda uma escrava a fugir, roubando alguns artefatos importantes no caminho.

Paradise Snare e o restante da trilogia Han Solo fazem parte do selo Legends.

“Rogue Squadron” – Michael A. Stackpole

1 vuQYMpQ2qzE8cGYLSy1xag

A série de dez livros X-Wing, iniciada por Rogue Squadron, segue o recém-reformado Esquadrão Rogue em suas missões quase suicidas para defender a Aliança Rebelde.

Ambientado em alguns anos após O Retorno de Jedi, a trama tem como principal protagonista Wedge Antilles, piloto e herói de guerra. Wedge, junto ao Almirante Ackbar, reformulam o lendário Esquadrão Rogue, trazendo apenas os melhores pilotos da galáxia para as suas fileiras. No entanto, quando eles são solicitados para auxiliar o ataque à fortaleza imperial Lua Negra, nem mesmo as suas habilidades de pilotagem serão suficiente para garantir a sobrevivência da equipe.

Rogue Squadron e a série X-Wing são integrantes do selo Legends.

Marcelo Skywalker

Escória Rebelde do interior de São Paulo. Pode ser encontrado mais on-line do que na vida real pelo Twitter ou pelo Facebook

This Post Has One Comment

  1. Lakesha

    You’re absolutely right! That’s always been one of my favorite sayings. And, it’s my si#e8r&st217;s bumper-sticker – maybe I picked up this train of thought riding in her car this weekend.

Comments are closed.