contato@jedicenter.com.br
Modelo Cover Site

5 coisas que aprendemos sobre Episódio VIII com o diretor Rian Johnson

Em uma de suas primeiras entrevistas sobre o episódio VIII, realizada pouco antes da morte de Carrie Fisher, que tinha terminado seu trabalho no filme, o cineasta comenta sobre o que está por vir:

1. Em tom, o Episódio VIII enfatizará a diversão.

Johnson está almejando uma experiência mais agradável do que um capítulo meio mais sombrio na trilogia nova. “Eu quero que seja um sucesso, engraçado e ser um passeio do jeito que foi O Despertar da Força e os outros filmes da Saga.

2. Os fãs vão descobrir mais sobre seus heróis.

Episódio VIII continua onde O Despertar da Força parou com a jornada de Rey, Finn e Poe Dameron. “Eu queria saber mais sobre cada um deles, e isso não significa apenas informações ou história de fundo.”, diz Johnson. “Descobrir o que é a coisa mais difícil que cada um deles poderia ser desafiado agora. Vamos jogar isso para eles e ver como eles vão lidar com essa situação.

3. Rey desenvolve uma forte conexão com Luke Skywalker.

O novo filme, desde o início, explorará a relação entre Luke e Rey, que aparece em sua remota ilha intergaláctica com seu velho sabre de luz “ambos não sabendo o que vai acontecer e tendo também muitas expectativas em sua cabeça de como tudo vai rolar”, diz Johnson. “É muito parecido com o que todos nós atravessamos na adolescência, o amanhecer deste novo capítulo de nossas vidas.” O diretor acrescenta que o aprofundamento de temas familiares no Episódio VIII é “uma parte importante da personagem de Rey e algo que eu realmente queria mergulhar nisso.”

4. Luke Skywalker é o “ponto de entrada emocional” no Episódio VIII.

Sendo um fã de longa data do enigmático Jedi interpretado por Mark Hamill, Johnson pensa: “O que está acontecendo com Luke Skywalker?” É a questão essencial no coração do novo filme. “Estou me aproximando com uma tomada que eu espero que seja honesta e real e que vá ser interessante para as pessoas e além de tudo, fazer sentido.”

5. Episódio VIII já tem um título.

O diretor já sabe. Na verdade, ele tem o título trancado em sua mente desde que ele começou a trabalhar no Episódio VIII há alguns anos. “Foi no primeiro rascunho que escrevi”, diz Johnson.

Marcelo Skywalker

Escória Rebelde do interior de São Paulo. Pode ser encontrado mais on-line do que na vida real pelo Twitter ou pelo Facebook
  • Fred Fossa

    Se o filme enfatizará a diversão, não correrá o risco de ser “infantil”? Fico preocupado com essa afirmação, pois esperava um tom “sombrio” no filme.

    • SanX

      Também fiquei preocupado com isso. Espero que não seja como os filmes da Marvel…

      • Bruno Praça

        Ele disse que vai ser no mesmo tom dos outros filmes então não vai ser como os filmes da Marvel (ainda bem).

    • Bruno Praça

      Ele disse que vai ser no mesmo tom dos outros filmes